domingo, 24 de fevereiro de 2013

85th Academy Awards (Oscar 2013)

  
  
  Como todo mundo a essa altura já deve saber, hoje (dia 24/02) acontece a maior noite de premiação do cinema norte americano, o Oscar! (Zé: Eu... oi.. Alguém me chamou?) Não Zé, não foi com vc... estou falando da grande premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Eu queria já ter feito uma postagem falando sobre a premiação, mas meu tempo nesse último mês não foi FÁCIO, não deu tempo de escrever nada antes. De qualquer forma, ainda que esteja meio em cima da hora pra avisar, estaremos acompanhando a premiação e fazendo comentários em tempo real no nosso Twitter, então quem quiser se juntar à nós, comentar e trocar uma ideia hoje a noite, durante a premiação ,sigam-me os cinéfilos >>> @CinefilaArte.
  
  Essa será a 85ª edição da cerimônia e será apresentada pelo comediante Seth MacFarlane (O Fada do Dente), que além de ator é o escritor e roteirista do polêmico e engraçado Ted. A TNT será a emissora responsável por transmitir a premiação pela tv à cabo e a programação do canal começa às 20:30h com o pré-show e a chegada das celebridades que vão desfilar com muita beleza e elegância pelo Tapete Vermelho mais famoso do cinema.
  
  Para quem ainda não viu até hoje, aproveite a chance para conhecer a lista de indicados que incluem sucessos com como Django Livre de Quentin Tarantino, Os Miseráveis, Lincoln e Argo de Ben Affleck (Atração Perigosa). Ainda temos na lista, duas atrizes que podem fazer história hoje no cinema. Poderemos conhecer a atriz mais velha a ganhar um Oscar, Emmanuelle Riva de Amour que completa 86 anos hoje e pode ganhar o prêmio no seu aniversário! E concorrendo com ela, temos a pequena Quvenzhane Wallis de Indomável Sonhadora que caso vença será a atriz mais nova a ganhar a estatueta, aos 9 anos.
  
E os Indicados são:
  
Melhor Filme
Indomável Sonhadora
O Lado Bom da Vida
A Hora Mais Escura
Lincoln
Os Miseráveis
As Aventuras de Pi
Amour
Django Livre
Argo

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Crítica Extra: Intocáveis

   
  Quando escolhi Intocáveis, dentre os outros filmes que estavam em cartaz no Espaço Itaú de Cinema, lá na Rua Augusta, antigo Unibanco, foi o fato do gênero do filme ser comédia. Eu não estava num dia pra lágrimas, dramas ou até mesmo terror, apesar de ser o estilo que eu mais prefiro.
  
  Intocáveis quer nos mostrar como Driss e Philippe sabem das suas classes sociais e estão cansados delas. O roteiro se preocupa com as semelhanças entre duas pessoas de classes tão distintas, como o gosto pela música, a preocupação com a família, a paixão por esportes, etc.

Philippe é um milionário, tem vários carros, empregados para todos os tipos de assuntos e um detalhe: é tetraplégico. Driss, em contrapartida é um jovem negro, de origem senegalesa, do subúrbio, com físico de atleta, pobre, que comparece em entrevistas de emprego apenas para conseguir um tipo de seguro do governo que lhe proporciona alguns meses de sobrevivência.